Nikon Instruments Inc. | Américas
Artboard 1
pt Change Region

Global Site

Microscópio de Platina Fixa para Pesquisa Eletrofisiológica

Visualiza detalhes minuciosos dentro de amostras espessas com perfeita clareza em experimentos de patch-clamp.

O Eclipse FN1, desenvolvido especialmente para pesquisa eletrofisiológica, apresenta maior operabilidade para facilitar experimentos de patch-clamp. As vantagens oferecidas pela FN1 incluem corpo fino, estrutura aerodinâmica, melhor posicionamento dos eletrodos, longa distância de trabalho e maior redução de ruído. Uma área mais profunda da amostra pode ser observada claramente com a luz infravermelha (IR).

Baixar Eclipse FN1 Brochure (4.86MB)

Configuration with Narishige equipment


Características principais

Uma lente cobre desde baixas a até altas ampliações

A grande bertura numérica objetiva , com distância de trabalho longa 16x (NA 0,8, WD 3.0) permite a observação em ampla variação de 5,6x a 64x quando combinada com uma porta dupla opcional, a qual permite uma ampliação variável. Esta objetiva permite a observação de um amplo campo de visão de baixa ampliação (até 2,0 mm) a um campo de alta resolução de alta ampliação sem alterar as objetivas.

FN1 com porta dupla de ampliação variável

5,6x

32x

64x


Imagem de áreas mais profundas com maior clareza com IR-DIC

A aberração cromática axial na região do infravermelho próximo (até 850nm) foi corrigida nas objetivas CFI Apocromáticas NIR 40X / 60X W para observar claramente a estrutura minuciosa dos espécimes espessos. A objetiva CFI Plan 100XC W (NA 1.1, WD 2.5) é a primeira lente de imersão em água do mundo com correção de aberração induzida por profundidade. Devido ao seu anel de correção especial, essa lente pode corrigir a aberração esférica induzida por imagens profundas no tecido ou por trabalhar em temperaturas fisiológicas. Conseqüentemente, é ideal para imagens IR-DIC, aplicações confocais e imagens multifotônicas. A alternância entre comprimentos de onda visível e infravermelha, bem como diferentes técnicas de iluminação (DIC para luz oblíqua) é realizada simplesmente girando os respectivoscarrosséis.


Fácil colocação do eletrodo

O acesso de microeletrodos ao espécime é fácil, pois as objetivas têm uma longa distância de trabalho (WD de 2,5-3,5 mm) e um amplo ângulo de aproximação de até 45 °.


Troca objetiva segura e fácil

Objetivas montados no revólver deslizante podem ser levantados ao alternar as ampliações. Isso impede que a objetiva colida com o manipulador ou a câmara. A distância de retração é de 15 mm, pelo que até uma placa de vidro espessa está protegida. O topo da lente pode ser facilmente mergulhado (aproximadamente 1 mm) na solução de banho usando a alavanca para eliminar o risco de perturbação da amostra.

① Alavanca de subida / descida de objetivo


Operacional ao seu alcance

O botão de foco e o anel de diafragma de campo estão localizados na parte frontal da base do microscópio, e não há cintas externas pesadas; Portanto, a operação é fácil quando se usa uma platina fixo. Uma alça remota opcional também está disponível para permitir a operação fora da gaiola.


Redução de ruído aprimorada

O ruído elétrico foi reduzido com sucesso utilizando a iluminação de fibra para trazer luz para o sistema de fora da gaiola e conectando os pinos de aterramento a todas as partes principais do microscópio. O ruído de vibração também foi reduzido com a realização de análises críticas de medição e simulação para melhorar a rigidez do microscópio.


Respondendo a uma ampla gama de necessidades experimentais

Ao inserir um espaçador entre o corpo e o braço, você pode elevar a altura do microscópio de 10 a 30mm. Isso facilita a observação de grandes amostras. Além disso, o condensador, o subestágio e o carrossel podem ser removidos inteiramente do microscópio para permitir mais espaço livre, dependendo da finalidade dos experimentos.

① FN1 com espaçador inserido